Estado como indutor do desenvolvimento

Posted on Posted in GESTÃO PÚBLICA
Compartilhe:Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook
Reunião do Pleno do Conselhão

 Da Agenda – A estratégia para proteger o Estado contra os efeitos da crise econômica  foi tema da oitava reunião do Pleno do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES-RS).

Foi na terça-feira, 10/7, no Palácio Piratini. A Agenda 2020 foi representada pelo  seu diretor executivo , Ronald Krummenauer.

Nas diferentes manifestações houve unanimidade em reconhecer a retomada do protagonismo do Governo estadual em fortalecer o Estado como agente indutor do desenvolvimento.

– Não estamos de joelhos para a crise e duvido que outro Estado esteja tão adiantado como o nosso para o seu enfrentamento. A nossa postura teve contribuição direta deste Conselho – declarou o governador Tarso Genro, agradecendo o desempenho contributivo do CDES-RS nas decisões do Executivo gaúcho.

Fiergs e Federasul, no entanto, aproveitaram a reunião para fazer alertas ao governo do Estado.

– As diferenças tributárias, o piso regional, a infraestrutura deficiente e as regras em descompasso com aquelas praticadas no âmbito nacional são alguns dos fatores que encarecem a produção industrial no Rio Grande do Sul, comparativamente a outros estados e aos artigos importados –  criticou o presidente da Fiergs, Heitor Müller.

O presidente da Federasul, Ricardo Russowsky, pediu solução urgente ao problema do desequilíbrio da previdência estadual.

– A  recente elevação das alíquotas resolvem apenas 5% do déficit. Se nada for feito agora, no médio prazo o setor público estadual perderá totalmente a condição de investir – destacou Russowsky.

A Reforma da Previdência é uma das  prioridades defendidas pela Agenda 2020, que integra  o grupo técnico  criado para tratar do assunto.

O primeiro encontro do grupo de trabalho está marcado para o dia 24/7 no Centro Administrativo do Estado.

– Certamente é o problema mais complicado que o governo tem para resolver – afirmou o diretor executivo da Agenda, Ronald Krummenauer, que sugeriu a formação do grupo na última reunião da Câmara Temática do Conselhão que trata da matéria.

Veja as propostas da Agenda 2020 para a Reforma da Previdência

(Com informações do Governo e do CP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *