A marcha da morte só acelera

Posted on Posted in SEGURANÇA
Compartilhe:Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook
Homicídios aumentam na região metropolitana

Da Agenda – O chão ainda ensanguentado e o silêncio entre vizinhos amedrontados era o que havia sobrado, na manhã desta segunda-feira, 6/8, de um crime ainda misterioso para a polícia na Zona Norte da Capital.

No final da noite de domingo, Ana Luiza Maciel da Silva, 22 anos, foi morta com oito tiros no portão de casa, no Acesso H3, do Loteamento Wenceslau Fontoura, Bairro Mario Quintana.

Conforme o levantamento do jornal  Diário Gaúcho, o crime mostrou que nem o período frio do ano fez com que a incidência de assassinatos em toda a Região Metropolitana diminuísse.

A média preocupante de aproximadamente cem assassinatos por mês foi mantida. Desde o começo de 2012, já foram 700 homicídios. Mais de três pessoas são assassinadas diariamente na região.

– Desde o começo do ano a média de homicídios na Região Metropolitana é de 3,2 assassinatos por dia.

Seguindo essa média, o ano fecharia com 1.172 assassinatos na região.

Média macabra

– Morte 100 – 27 dias
– Morte 200 – 37 dias
– Morte 300 – 32 dias
– Morte 400 – 27 dias
– Morte 500 – 31 dias
– Morte 600 – 34 dias
– Morte 700 – 35 dias

 (Com informações do Diário Gaúcho)

 Veja as propostas da Agenda 2020 para a Segurança:

Ações Integradas e Previsibilidade e Clareza das Leis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *