Opinião – Gestão falha na segurança pública

Posted on Posted in SEGURANÇA
Compartilhe:Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook
Crítica é do Ministro da Justiça do Brasil
Crítica é do Ministro da Justiça do Brasil

Correio do Povo – A confissão é do próprio ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo: a gestão da segurança pública é falha no pais, sendo, inclusive, um problema de maior dimensão do que até a conhecida  carência de recursos para o setor.

Em sua intervenção durante a cerimonia de lançamento de uma série de levantamentos realizados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça, o dirigente dessa importante pasta reconheceu que há o que chamou de empirismo na condução das políticas públicas da área, além da falta de informações confiáveis, ações malsucedidas e desperdício de verbas.

Ainda em sua análise, o ministro indicou que há questões a serem equacionadas quanto ao efetivo, equipamentos, diagnósticos, estatísticas, com cada unidade da federação trabalhando de fora autônoma, o que dificulta a adoção de estratégias comuns.

O outro problema apontado por ele foi o do corporativismo, com disputa entre órgãos públicos e entre entidades, levando a conflitos que deveriam ser evitados com um esforço comum de diálogo.

Diante da declaração de uma das autoridades maiores da segurança pública do país, fica a pergunta para o cidadão sobre quem deve realmente se dirigir para cobrar responsabilidades.

O próprio ministro formula suas imputações sem apontar os governantes que não estão cumprindo com suas obrigações. O que se vê são gestores públicos batendo cabeça no momento em que o crie organizado avança de forma cada vez mais ousada e perigosa, comprometendo a tranquilidade da população brasileira, como ora se vê em Santa Catarina.

O Brasil, para ser produtivo, para chegar ao desenvolvimento, para superar suas mazelas sociais, precisa de uma população protegida. Para isso, todos  pagamos tributos em percentuais sabidamente estratosféricos. Receber bons serviços em diversas  áreas, como na segurança pública, é um direito do qual a sociedade não pode ser despojada.

(Editorial publicado no dia 20/2/2013)

One thought on “Opinião – Gestão falha na segurança pública

  1. Realmente no que foi exposto existe algumas verdades já bem conhecidas dos diversos integrantes do “sistema”. Só que existe uma verdade bem maior a ser perseguida por todos que exercem funções de Comando, Direção ou chefia nessa área que é deixar de diagnosticar e partir para a construção de soluções para uma melhor proteção da sociedade. É isso que a sociedade deseja e necessita para ontem. O nosso artigo 144 da CF bem explicita: “A segurança pública é um DEVER do Estado em todas as suas expressões, mas um DIREITO e RESPONSABILIDADE de TODOS. Aqui está a orientação macro para a atuação de todo o aparato protetor da sociedade. Com o uso da INTEGRAÇÃO SISTÊMICA em todas as fases e níveis da atividade Segurança Pública certamente obteremos melhores resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *