Escola tem iniciativa com energia solar em Porto Alegre

Posted on Posted in EDUCAÇÃO, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA
Compartilhe:Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook

Esse é o primeiro colégio a produzir energia limpa e renovável na Capital

energia-solar-escola

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Antônio Giúdice, na zona Norte de Porto Alegre, já está equipada com dez painéis de energia solar. Essa é a primeira instituição de ensino municipal da Capital a produzir energia limpa e renovável. O trabalho de instalação foi concluído nesta terça-feira depois de uma parceria da prefeitura com a Rede Mundial de Governos Locais dedicada ao desenvolvimento sustentável (Iclei).

A iniciativa é resultado de um compromisso da cidade de reduzir emissões de gases de efeito estufa até 2022. As metas se estendem até 2050, com o comprometimento de adequar 100% dos prédios municipais com geração ou consumo de energia renovável, através do Projeto Porto Alegre Resiliente. O compromisso foi firmado pelo prefeito José Fortunati durante o Fórum Social Mundial 15 anos.

A escola do bairro Humaitá deve servir de piloto na Capital. Conforme um dos vice-coordenadores do Projeto Porto Alegre Resiliente, David Monteiro, esse é um passo importante para reduzir as emissões de gases de efeito estufa na cidade. A energia gerada pelos dez painéis solares representará, em média, 6% do total consumido em um mês na instituição.

O diretor de tecnologia da Sevenia Inovação em Energia Ltda, empresa responsável pela instalação e manutenção, Tatiano Busatto, disse que os recursos economizados em energia deverão ser reinvestidos em projetos semelhantes. Os equipamentos têm também um apelo educacional, pois os alunos serão apresentados ao sistema e poderão desenvolver o aprendizado em várias disciplinas.

Os funcionários da escola também receberão informação a respeito do funcionamento, mas conforme o diretor comercial da Sevenia, Humberto Macedo, basta efetuar a limpeza periódica para manter as placas, que podem durar até 25 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *