Saúde, educação e segurança têm queda nos investimentos

Posted on Posted in AGENDA DA AGENDA, EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA
Compartilhe:Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook

brigada

Em reportagem de Zero Hora, da jornalista Juliana Bublitz, constatamos um quadro de preocupação: as áreas mais prioritárias para o desenvolvimento do Estado tiveram redução nos seus investimentos em 2016. Na avaliação da Agenda 2020, é preocupante que saúde, educação e segurança sejam fragilizadas, mesmo em momentos de crise. Leia abaixo trechos da reportagem e na íntegra no site de ZH.

“O governo do Estado fechou 2016 com queda nos percentuais aplicados em três áreas prioritárias: saúde, educação e segurança. Em termos reais, os valores injetados nesses setores também caíram tanto em relação a 2014, último ano da gestão de Tarso Genro (PT), quanto na comparação com 2015, quando José Ivo Sartori (PMDB) assumiu o comando do Palácio Piratini.

Os dados integram a mensagem enviada pelo governador à Assembleia no início de fevereiro. Tradicionalmente, o documento apresentado todo ano contém o resumo das ações adotadas no período e a síntese da situação financeira do Estado.

A área que apresentou a maior redução foi a da educação. Embora o índice tenha se mantido acima do exigido pela Constituição Federal (25% da receita líquida de impostos e transferências), ficou 3,5 pontos percentuais abaixo do registrado em 2014. Em números absolutos, os R$ 8,54 bilhões aplicados no ano passado significaram redução de 11,2%, considerando a inflação do período.

Na saúde e na segurança, o decréscimo real foi menor, de 5% e de 6,3%, respectivamente, mas nem por isso menos preocupante.

Na avaliação de Ronald Krummenauer, diretor-executivo da Agenda 2020, uma ONG ligada às federações empresariais, o quadro é resultado de “decisões irresponsáveis tomadas no passado”, que comprometeram as finanças.

— O mais grave é perceber que estamos fragilizando as áreas que deveriam ser as mais importantes — avalia Krummenauer.”

zh_1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *